Notícias

Telegram entrega dados de grupos neonazistas à PF

Na sexta-feira (21), o Telegram entregou os dados de grupos neonazistas que se comunicam pelo aplicativo de mensagens, após determinação da Justiça do Espírito Santo.Com a entrega dos dados, a Polícia Federal pode avançar nas investigações e identificar possíveis conexões entre os grupos e os ataques às escolas.Veja também:Vídeo: Polícia Federal faz buscas contra terroristas no Pará Casos de massacre em escolas no Brasil: como prevenir? A solicitação foi feita pela PF no inquérito que investiga os ataques em escolas em Aracruz (ES), que deixaram quatro mortos e 12 feridos em novembro do ano passado.Os policiais, que estão investigando a associação desses grupos com os ataques, encontraram materiais com símbolos nazistas e transferências de arquivos com ameaças na internet na casa de um dos suspeitos. Além disso, vídeos de mortes violentas, tutoriais de assassinatos e fabricação de explosivos foram encontrados no celular do suspeito.O envio dos dados ocorre após o Ministério da Justiça entrar com um processo administrativo contra o aplicativo de mensagens. O Telegram havia se recusado a enviar informações sobre as medidas adotadas pela empresa para evitar o envio de mensagens extremistas.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo