Notícias

Servidores denunciam falta de merenda escolar em Marabá 

A alimentação escolar é um direito dos alunos da educação básica pública. Ela serve de incentivo para frequência nas aulas, além de apoiar as famílias que não têm condições de prover essa alimentação aos filhos. Uma denúncia chegou à Redação do Grupo RBA dando conta de que na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Francisco Coelho”, na Vila Matrinxã, zona rural, a 11 km de Morada Nova, está faltando itens da merenda escolar.  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 “Faz tempo que não vem carne moída, carne de pedaço, frango, margarina, macarrão”, afirma à servidora, que por medo de represália pediu para não ser identificada.Nossa equipe esteve na escola e ouviu outra servidora que afirmou que há muitos dias que a Secretaria Municipal de Educação de Marabá (Semed) não envia carne e nem frango para merenda escolar. “Não tem carne nenhuma para merendar, só sardinha e ovo. Dizem que estava em licitação com uma empresa. Todas as escolas já têm um bom tempo que não tem”, confirma a servidora. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  LEIA TAMBÉM:+ Marabá terá Núcleo de Atenção Especializado em Autismo + Aeroporto de Marabá é destaque em premiação nacional A funcionária explicou ainda que toda semana, geralmente as quartas-feiras, os itens são entregues na escola, mas que diminuíram a quantidade de merenda e que os estudantes reclamam. “As crianças reclamam, porque já não comem na casa deles e vem para o colégio, chega aqui e não têm quando vai merendar. Por isso, as meninas fazem mais açaí e leite com pão”, informou.  Ainda segundo a denúncia, muitos alunos moram em Projetos de Assentamentos distantes da escola. Muitos deles que saem 12h dependem do transporte escolar e só chegam em casa por volta de 14h. A instituição de ensino possui quatro salas, onde estão matriculados cerca de 80 alunos, do Jardim I (Educação Infantil) ao 9º ano do Ensino Fundamental, em dois turnos.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo