Notícias

Postura do Real em casos de racismo irrita estafe de Vini Jr

Jogadores do Real Madrid e pessoas próximas a Vini Jr estão indignados com a passividade do clube espanhol com relação aos repetidos insultos racistas contra o brasileiro. A revolta aumentou depois dos episódios ocorridos na derrota por 1 a 0 para o Valencia, no Estádio Mestalla. Os casos de ofensas racistas envolvendo Vini Jr se intensificaram desde setembro de 2022.O UOL apurou que pessoas próximas ao jogador brasileiro consideram há meses que as medidas tomadas pelo Real Madrid são insuficientes para lidar com o problema.
LEIA TAMBÉM:Vini rebate presidente de La Liga: ‘quem se omite se iguala’
‘Nunca vi um estádio inteiro sendo racista’, diz AncelottiDentro do vestiário, jogadores também estão insatisfeitos com as reações institucionais. Eles gostariam que o clube se posicionasse mais fortemente e que cobrasse ações mais enérgicas da Liga Espanhola. O Real não divulgou nota ontem sobre o episódio.
Nas ocasiões anteriores em que houve casos de ofensas racistas a Vini Jr, o Real Madrid publicou notas oficiais e fez reclamações formais à Liga Espanhola. No entanto, os episódios continuaram.
Um dos jogadores que mais tem se indignado com os insultos a Vini Jr nos últimos meses é o goleiro belga Thibault Courtois. Após a partida de domingo, ele disse à Movistar que, “se Vini quisesse sair de campo, eu iria com ele”.
O técnico Carlo Ancelotti também falou após o fim da partida e adotou um discurso mais incisivo sobre o tema. “É inaceitável. A La Liga tem um problema que não é Vinicius, ele é a vítima”, disse.
“QUERO AÇÕES PUNIÇÕES”
Vini Jr decidiu publicar seu desabafo mais forte após a partida de domingo, embora não tenha criticado diretamente a postura do Real Madrid.
Além de dizer, pela primeira vez, que pode deixar a Espanha, o brasileiro respondeu a uma publicação de Javier Tebas, presidente de La Liga, em que o dirigente afirmava que o jogador estava se deixando manipular.
“Omitir-se só faz com que você se iguale a racistas. Não sou seu amigo para conversar sobre racismo. Quero ações e punições. Hashtag não me comove”, escreveu Vini Jr em suas redes sociais.
A Liga Espanhola emitiu nota oficial dizendo que investigará os fatos ocorridos no Estádio Mestalla. O Valencia também emitiu nota oficial em que prometeu investigar o episódio e avisou que, caso sejam identificados, os torcedores responsáveis por ele serão banidos do clube.VEJA MAIS:

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo