Notícias

PC e UFPA se pronunciam sobre menina encontrada no Vadião

No último dia 12 de maio, o Conselho Tutelar recebeu a denúncia de que uma adolescente de 13 anos foi encontrada desacordada no Vadião, na Universidade Federal do Pará (UFPA), campus Guamá, em Belém, sem as roupas íntimas e com as genitálias avermelhadas.Suspeito de matar esposa envenenada teria matado a ex-sogra Após a repercussão do caso, a Polícia Civil do Pará (PCPA) e a UFPA se pronunciaram sobre o caso. Em nota enviada ao DOL, a PCPA informou que o caso está sendo investigado sob sigilo pela Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA).O órgão também destacou que diligências estão sendo feitas e perícias foram solicitadas para auxiliar na apuração do caso.Já de acordo com a UFPA, o “Setor de Segurança da instituição ajudou a conduzir duas jovens à Unidade de Pronto Atendimento da Terra Firme, para cuidados médicos” após ser “acionado por uma jovem na noite do dia 12 de maio para prestar socorro a uma colega que passava mal em área localizada no setor profissional do campus no Guamá”.Ainda segundo a instituição, o Setor de Segurança não foi notificado sobre a possível situação de violência contra a jovem até o presente momento.Qualquer informação que auxilie o trabalho da polícia pode ser repassada para a Delegacia local, virtual ou por meio do Disque-Denúncia, no número 181. O sigilo é garantido.RELEMBRE O CASODe acordo com um representante do Conselho Tutelar, a adolescente teria ido à uma festa que ocorreu no espaço, dentro da UFPA, e ingerido bebida alcoólica, após fugir de casa.Ainda segundo o Conselho Tutelar, ao ser encontrada, ela foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Terra Firme, e encaminhada ao hospital Santa Casa do Pará, onde ficou internada por alguns dias.A adolescente e a família foram acolhidas pelo Conselho Tutelar e encaminhadas à fundação Pará Paz, para realizar exames e acompanhamentos necessários.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo