Notícias

Parque Estadual do Utinga “Camilo Viana” completa 30 anos

Uma das maiores Unidades de Conservação (UC) de Proteção Integral em regiões metropolitanas do Brasil completa, nesta quarta-feira (03), 30 anos de fundação. Com mais de 1,3 mil hectares, o Parque Estadual do Utinga “Camillo Vianna”, administrado pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), chega a três décadas representando uma parte importante do bioma amazônico dentro de Belém. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
O Parque abriga uma grande quantidade de animais, como aves, peixes, insetos e répteis, além de espécies da flora amazônica, algumas, inclusive, encontradas apenas no local. Quem visita a UC pode apreciar diversos espaços de contemplação da natureza, incluindo os lagos Bolonha e Água Preta. Os dois mananciais são responsáveis pelo abastecimento de 60% da água consumida na capital paraense. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
Nos últimos meses, o Parque Estadual do Utinga tem se consolidado como local de estudos e visitação para alunos da rede pública, universitários e pesquisadores do mundo todo. Segundo o presidente do Ideflor-Bio, Nilson Pinto, “é fundamental que a sociedade conheça esse espaço e entenda qual é o seu objetivo, sua importância para o ecossistema e, principalmente, nos ajude a preservar esse pedacinho da floresta amazônica em seu estado natural”, afirmou. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
Para celebrar os 30 anos da maior área preservada da capital paraense, o Ideflor-Bio, por meio da Gerência da Região Administrativa de Belém (GRB), e a Organização Social (OS) Pará 2000, instituição que gerencia os espaços de uso comum do Parque, prepararam uma programação especial. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

   Confira:
03/05 (Quarta-feira):
8h00 – Abertura e visita guiada de alunos da Escola Municipal Milton Montes.
8h15 – Roda de conversa – “Todo dia é dia de parque, sabe por quê?” com a professora da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Maria Ludetana Araújo.
9h00 – Exposição de pesquisas.
04/05 (Quinta-feira):
8h00 – Visita guiada de alunos da Usina da Paz Terra Firme e da Escola Estadual Mateus do Carmo.
9h00 – Exposição de pesquisas.
05/05 (Sexta-feira):
8h00 – Visita guiada de alunos da Usina da Paz Terra Firme, da Escola Estadual Mateus do Carmo e distribuição de cartilhas educativas.
9h00 – Exposição de pesquisas.
06/05 (Sábado):
8h30 – Feira da Biodiversidade.
9h00 – Teatro de fantoches (Projeto Arte Educador).
10h30 – Cine PEUt e distribuição de cartilhas educativas.
11h00 – Teatro de fantoches (Projeto Arte Educador).
07/05 (Domingo):
6h00 – Concentração da corrida pelos 30 anos do Parque do Utinga.
6h30 – Largada.
8h00 – Soltura de ararajubas do Projeto de Reintrodução.
9h00 – Descerramento da placa comemorativa.
9h15 – Homenagens.
9h45 – Nomeação e entrega das portarias do Conselho Gestor da UC. 
De acordo com o titular da GRB, Ellivelton Carvalho, “o objetivo é oferecer uma programação com atividades que proporcionem à sociedade o entendimento que viver em harmonia com a natureza é fundamental para garantir o bem-estar de todos. Só unidos nesse propósito que conseguiremos enfrentar os problemas climáticas”, destacou o gerente.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo