Notícias

Maio Furta-Cor alerta para saúde mental materna

Conscientizar e sensibilizar a população para a causa da saúde mental materna estão entre os objetivos do Maio Furta-Cor, campanha comunitária sem fins lucrativos, democrática e apartidária, que promove ações baseadas em evidências científicas e estimula a criação da construção de políticas públicas de saúde para mulheres-mães.  Ver esta publicação no Instagram Uma publicação partilhada por Maio Furta-cor (@maiofurtacor) De acordo com a Organização Mundial de Saúde, há um alarmante crescimento dos casos de depressão, ansiedade e, infelizmente de suicídio entre as mães. Com a atenção voltada para esses fatores, a campanha conta com mulheres espalhadas pelo Brasil e em mais de 12 países, lutando pela saúde mental materna em múltiplas e diversas frentes. Outro destaque da campanha deste ano é a inclusão das mães atípicas (que têm filhos com alguma deficiência ou síndrome rara) e a maternidade de mulheres pretas. Transtornos mentaisAinda segundo a OMS, toda mulher está suscetível a desenvolver transtornos mentais durante a gravidez e no primeiro ano após o parto. A campanha reforça que os transtornos mentais perinatais são um grave problema de saúde pública e necessitam de estratégias de enfrentamento urgentes e eficazes, já que, quando não tratados, são capazes de devastar a vida da mulher e, consequentemente, de sua família.  Ver esta publicação no Instagram Uma publicação partilhada por 𝗡𝗶𝗰𝗼𝗹𝗲 𝗖𝗿𝗶𝘀𝘁𝗶𝗻𝗼 – Psicologia, maternidade e lifestyle (@acolhedoramente) Os outros eventos relacionados ao Maio Furta-cor, mês dedicado à causa da saúde mental materna, podem ser conferidos no site da campanha e no Instagram.Veja também:BABY DOL faz homenagem ao Dia das Mães. Assista!Mãe x mulher: como manter o equilíbrio entre os papéis?Como a inteligência emocional afeta na educação dos filhos?

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo