Notícias

Justiça solta suspeitas de roubar 56 ovos de Páscoa no RJ

A Justiça revogou as prisões de três mulheres acusadas de tentativa de furto de 56 ovos de Páscoa em um supermercado na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, no início de abril. Elas protagonizaram uma briga com seguranças da loja após serem flagradas. Além dos chocolates, as mulheres tentaram furtar três pares de chinelo.
Em decisão da semana passada, o juiz Daniel Werneck Cotta, da 33ª Vara Criminal do Rio, aceitou denúncia proposta pelo Ministério Público contra as três. Na mesma decisão, o juiz revogou a prisão preventiva das acusadas. A prisão foi substituída por medidas cautelares.Entregadora agredida por ex-atleta no RJ é presa
As mulheres terão de comparecer bimestralmente em juízo e não poderão sair da cidade por período superior a cinco dias sem autorização prévia.
Junto com três adolescentes, elas tentaram sair do mercado com os ovos de Páscoa escondidos em sacolas de compra. Foram impedidas por seguranças, iniciando uma confusão que foi filmada por outros clientes.Furto de 56 ovos de Páscoa termina com pancadaria em mercado”O funcionário observou pelas câmeras quando seis mulheres colocaram ovos de Páscoa em sacolas de supermercado e saíram do supermercado sem efetuar devido o pagamento pelas mercadorias”, diz a ata da audiência de custódia.
Caso concretizado, o furto provocaria um prejuízo de R$ 3.476,10 ao supermercado. Na ocasião, as menores de idade foram encaminhadas à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo