Notícias

Criminologista mostra o que nunca comprar para os filhos

Dannah Eve, mãe e especialista em criminologia e psicologia, viralizou em um vídeo no TikTok ao alertar sobre os perigos de comprar itens personalizados para crianças.Veja também:Vídeo: brinquedos quebrados oferecem riscos às crianças  Sono infantil: especialista tira dúvidas e dá dicas aos pais Na publicação, ela explicou que roupas e acessórios que revelem o nome das crianças, especialmente em idade escolar, podem torná-las presas fáceis para predadores.Embora muitos pais já ensinem seus filhos a não falar com estranhos ou aceitar doces de ninguém, Eve ressaltou que a compra desses itens personalizados pode colocá-los em risco sem que os pais percebam. “Quando eles são bebês pequenos, isso realmente não se aplica porque você está lá com eles e, provavelmente, estarão no colo o tempo todo. Além disso, eles ainda não responderão aos seus nomes”, disse ela.Veja o vídeo: @dannah_eve ⚠️ PSA TO ALL PARENTS ⚠️ #femalesafety #keepyourkidssafe #safetytips #safetytip #femalesafetytips #familysafety #femalesafety #staysafe #stayawarestaysafe #momsafetytips #staysafeoutthere #thinksmart #lifesavingtip #lifesavinghacks #travelingalone #crimeprevention #dontbeatarget #girlswholivealone #ilivealone #dontwalkaloneatnight #dontwalkalone #situationalawareness #beawareofyoursurroundings #criminalmind ♬ original sound – Dannah Eve “Mas se o seu filho está em idade escolar, uma mochila ou roupas com o nome dele pode, infelizmente, colocá-lo em uma situação muito perigosa”, alerta Eve.A especialista reforça ainda que “os predadores não aparecem como essas pessoas monstruosas, eles aparecem como pessoas genuinamente boas. Dar a eles acesso ao nome da criança é algo que você nunca deve fazer”.Portanto, ao revelar o nome da criança, a pessoa pode ganhar a capacidade de convencê-la de que a conhece ou que conhece seus pais, colocando-a em situações de perigo. Por isso, Eve recomenda que os pais evitem roupas e acessórios personalizados que revelem o nome ou outras informações de seus filhos. Afinal, a segurança dos pequenos é sempre a prioridade número um.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo